TOP 15 – Jogadores Internacionais da História da NBA

Muitos talentos internacionais já passaram pela NBA ao longo dos anos, e a cada temporada que passa, mais jogadores estrangeiros fazem parte da liga. Muitos inclusive, como franchise player. 

Aqui nós citamos apenas alguns das dezenas que já obtiveram sucesso na liga.

NOTAS:

  • Foram desconsiderados jogadores naturalizados (H. Olajuwon, T. Duncan, K. Irving, etc.)
  • Foram apenas consideradas suas carreiras atuando na NBA
  • As estatísticas foram retiradas dos sites basketball-reference.com e landofbasketball.com
  • É capaz de estar faltando alguém, ou que você não concorde com a ordem. Mas listas são assim, polêmicas.

Menções Honrosas

Drazen Petrovic (RIP)

drazen.jpg

Nascimento: 22 de outubro de 1964 (morte: 07 de junho de 1993)
País:
Croácia/Iugoslávia
Altura:
1.96 m (6’5)
Posição: Ala-armador
Times:
Portland Trail Blazers (1989-1991), New Jersey Nets (1991-1993)
Títulos: 
Prata Olimpíadas (1988), Bronze Olimpíadas (1984), Ouro Copa do Mundo (1990), Bronze Copa do Mundo (1986)
Prêmios individuais:
1x All NBA 3rd team
Estatísticas na carreira: 15.4 pontos, 2.3 rebotes, 2.4 assistências, 0.9 roubos

Petrovic é um caso  parte. Chegou a NBA, aos 25 anos, depois de uma carreira brilhante na Europa. Infelizmente, aos 28, faleceu em um acidente de carro quando estava em plena ascensão na carreira. E mesmo jogando por poucos anos, sempre é lembrado nas discussões como o mais talentoso europeu de todos os tempos.

Arvydas Sabonis

Arvydas-Sabonis-3.jpg

Nascimento: 19 de setembro de 1964
País:
Lituânia
Altura:
2.21 m (7’3)
Posição: Pivô
Times:
Portland Trail Blazers (1995-2001, 2002-2003)
Títulos: 
Ouro Olimpíadas (1988), 2x Bronze Olimpíadas (1992, 1996), Ouro Copa do Mundo (1982), Prata Copa do Mundo (1986)
Prêmios individuais:
Hall da fama
Estatísticas na carreira: 12.1 pontos, 7.4 rebotes, 1.9 assistências, 0.9 tocos, 0.9 roubos

Chegou na NBA já com 31 anos, mas ainda assim conseguiu deixar seu nome marcado na liga. Possuía ferramentas ilimitadas e se destacava pela bela defesa. Infelizmente nunca saberemos o quão grande ele seria se tivesse entrado mais novo na liga. Foi um jogador dos mais fantásticos e considerando sua carreira em geral, certamente faz parte dos melhores da história


15. Al Horford

AlHorfordHawksLoseGame5LATINO.jpg

Nascimento: 03 de junho de 1986
País: República Dominicana

Altura:
2.08 m (6’10)
Posição: Ala-pivô/Pivô
Times:
Atlanta Hawks (2007-2016), Boston Celtics (2016-presente)
Títulos: –

Prêmios individuais:
4x All Star, 1x All NBA 3rd team
Estatísticas na carreira: 14.3 pontos, 8.7 rebotes, 3.0 assistências, 1.2 tocos

Horford não possui um jogo esteticamente bonito, mas é eficiente, faz praticamente de tudo em quadra. Infelizmente vem sofrendo com algumas lesões durante a carreira diminuindo um pouco do seu potencial. Se conseguir se manter saudável pode ser um considerado um dos principais bigmen da atualidade.

14. Rik Smits

rik smits.jpg

Nascimento: 23 de agosto de 1966
País: 
Holanda (naturalizado alemão)
Altura:
2.24 m (7’4)
Posição: Pivô
Times:
Indiana Pacers (1988-2000)
Títulos: –

Prêmios individuais:
1x All Star
Estatísticas na carreira: 14.8 pontos, 6.1 rebotes, 1.4 assistências, 1.2 tocos

O Dunckin’ Duchman fez história no Pacers, jogando 4 finais de conferência e ganhando uma. É o jogador holandês de maior sucesso na história da liga.

13. Andrei Kirilenko*

andrei kiri.jpg

Nascimento: 18 de fevereiro de 1981
País: 
Rússia
Altura:
2.06 m (6’9)
Posição: Ala/Ala-pivô
Times:
Utah Jazz (2001-2011), Minnesota Timberwolves (2012-2013), Brooklyn Nets (2013-2014)
Títulos: –

Prêmios individuais:
1x All Star, 1x All-defensive 1st team, 2x All-defensive 2nd team.
Recordes: 1x Líder em tocos da temporada
Estatísticas na carreira: 11.8 pontos, 5.5 rebotes, 2.7 assistências, 1.8 tocos, 1.4 roubos

AK-47 era considerado um dos jogadores mais versáteis enquanto esteve ativo. Se destacou com suas habilidades defensivas, mas também sabia contribuir muito bem no ataque. Tanto que em 2002, se tornou o segundo jogador da história (Olajuwon foi o primeiro) a conseguir o incrível feito 5×6 (pelo menos 6 pontos, rebotes, assistências, roubos e tocos em um único jogo).

*Ganhou cidadania americana em 2011, mas atuou somente pela Russia.

12. Marc Gasol

marc-gasol.jpg

Nascimento: 29 de janeiro de 1985
País:
Espanha
Altura:
2.16 m (7’1)
Posição: Pivô
Times:
 Memphis Grizzlies (2008-presente)
Títulos:
Bronze Olimpíadas (2012)
Prêmios individuais: 
1x defensor do ano, 3x All Star, 1x All NBA 1st team, 1x All NBA 2nd team, 1x All-defensive 2nd team
Estatísticas na carreira: 14.9 pontos, 7.3 rebotes, 3.2 assistências, 1.5 tocos

O irmão mais novo de Pau, Marc é um dos melhores defensores da atualidade. Mas ele não para por ai, ofensivamente não decepciona e a cada temporada que passa vem evoluindo mais, tanto que surpreendeu a todos adicionando o tiro de 3pt a seu repertório. Há algum tempo, não é só o melhor Gasol da liga, mas também um dos top pivôs.

11. Peja Stojakovic

peja-stojakovic.jpg

Nascimento: 09 de junho de 1977
País:
Croácia/Iugoslávia
Altura:
2.06 m (6’9)
Posição: Ala
Times:
Sacramento Kings (1998-2006), Indiana Pacers (2006), Charlotte Hornets (2006-2010), Toronto Raptors (2010-2011), Dallas Mavericks (2011)
Títulos:
Campeão da NBA (2011), Ouro Copa do Mundo (2002)
Prêmios individuais:
3x All Star, 1x All NBA 2nd team, nº 16 aposentado pelo Kings
Recordes: 2x Líder em FT%
Estatísticas na carreira: 17.0 pontos, 4.7 rebotes, 1.8 assistências

Um dos melhores shooters da história, Peja é o único atleta a se aposentar com 17.0+ ppg, 4.5+ rpg chutando para 40% ou mais na linha dos 3pt. Além disso, durante seus 13 anos na liga, em apenas um chutou para menos de 37.5% (em sua temporada de estréia) nos tiros longos. Sua bela carreira foi brindada com um anel em seu ano de despedida.

10. Vlade Divac

divac v.jpg

Nascimento: 03 de fevereiro de 1968
País:
Sérvia/Iugoslávia
Altura:
2.16 m (7’1)
Posição: Pivô
Times:
Los Angeles Lakers (1989-1996, 2004-2005), Charlotte Hornets (1996-1998), Sacramento Kings (1998-2004).
Títulos:
2x Prata Olimpíadas, 2x Ouro Copa do Mundo (1990, 2002), Bronze Copa do Mundo (1996)
Prêmios individuais:
1x All Star, nº 21 aposentado pelo Kings
Estatísticas na carreira: 11.8 pontos, 8.2 rebotes, 3.1 assistências, 1.4 tocos

Um dos 4 únicos europeus a ter a camisa aposentada, Divac foi um bigman extremamente versátil, e um dos primeiros europeus a ter sucesso na liga. Assim, conseguiu se tornar um dos sete jogadores na história da NBA a atingir 13.000+ pontos, 9.000+ rebotes, 3.000+ assistências e 1.500+ tocos.

9. Toni Kukoc

kukoc

Nascimento: 18 de setembro de 1968
País:
Croácia/Iugoslávia
Altura:
2.08 m (6’10)
Posição: Ala/Ala-armador
Times: 
Chicago Bulls (1993-2000), Philadelphia 76ers (2000-2001), Atlanta Hawks (2001-2002), Milwaukee Bucks (2002-2006)
Títulos:
3x campeão da NBA (1996, 1997, 1998), 2x Prata Olimpíadas (1988, 1992), Ouro Copa do Mundo (1990), Bronze Copa do Mundo (1994).
Prêmios individuais:
1x melhor sexto homem
Estatísticas na carreira: 11.6 pontos, 4.2 rebotes, 3.7 assistências, 1.0 roubos

Habilidoso, bom passador e um belo defensor, Kukoc, apesar de reserva durante grande parte da carreira, desempenhou papéis fundamentais nas equipes que defendeu. Além disso, possuía um perfil de liderança, e serviu de exemplo para os mais jovens na parte final de sua carreira.

8. Detlef Schrempf

Detlef Schrempf.jpg

Nascimento: 21 de janeiro de 1963
País:
Alemanha
Altura:
2.08 m (6’10)
Posição: Ala/Ala-pivô
Times: 
Dallas Mavericks (1985-1989), Indiana Pacers (1989-1993), Seattle SuperSonics (1993-1999), Portland Trail Blazers (1999-2001)
Títulos:
 –
Prêmios individuais:
3x All Star, 2x melhor sexto homem, 1x All NBA 3rd team.
Estatísticas na carreira: 13.9 pontos, 6.2 rebotes, 3.4 assistências

Um dos primeiros talentos internacionais de respeito da liga, Schrempf era extremamente eficiente e era um dos role players mais consistentes da época. Foi um dos 4 jogadores a se aposentar com ao menos 13.5 pontos, 6.0 rebotes e 3.0 assistências, jogando menos de 30 minutos.

7. Yao Ming

yaoming.jpg

Nascimento: 12 de setembro de 1980
País:
China
Altura:
2.29 m (7’6)
Posição: Pivô
Times: 
Houston Rockets (2002-2011)
Títulos: 

Prêmios individuais:
8x All Star, 1x All NBA 1st team, 2x All NBA 2nd team, 3x All NBA 3rd team, nº 11 aposentado do Rockets, Hall da fama
Recordes: Único jogador a atingir 9.200 pontos, 4.400 rebotes e 900 tocos com menos de 530 jogos.
Estatísticas na carreira: 19.0 pontos, 9.2 rebotes, 1.6 assistências, 1.9 tocos.

Um dos atletas mais conhecidos do mundo, não somente pelo basquete, mas por ser um dos memes mais populares do momento. Yao foi 3º jogador mais alto da história e o único não-americano a liderar (2x) os votos para o All Sar Game. Mas o “china” não era só tamanho não, ele era surpreendentemente habilidoso, metia mid range e sabia bater lance livre, essa combinação fazia dele um pesadelo para qualquer um que fosse marcá-lo. Infelizmente as lesões o obrigaram a encerrar precocemente sua carreira.

6. Dikembe Mutombo

mutombo d.jpg

Nascimento: 25 de junho de 1966
País:
Congo
Altura:
2.18 m (7’2)
Posição: Pivô
Times:
Denver Nuggets (1991-1996), Atlanta Hawks (1996-2001), Philadelphia 76ers (2001-2002), New Jersey Nets (2002-2003), New York Knicks (2003-2004), Houston Rockets (2004-2009)
Títulos: 

Prêmios individuais:
8x All Star, 4x Defensor do ano, 1x All NBA 2nd team, 2x All NBA 3rd team, 3x All-defensive 1st team, 3x All-defensive 2nd team, nº 55 aposentado pelo Hawks e pelo Nuggets, Hall da fama
Recordes: 3x líder em tocos da temporada, 2x líder em rebotes da temporada, 2º geral em tocos da história
Estatísticas na carreira: 9.8 pontos, 10.3 rebotes, 1.0 assistências, 2.8 tocos

Um dos maiores pivôs defensivos da história, Mutombo dominava como poucos a área pintada. É um dos 5 jogadores a registrar pelo menos 10.000 pontos, 12.000 rebotes e 2.500 tocos na carreira. Além do domínio defensivo, sua imagem ficou marcada pelo sinal característico de “não” com os dedos após cada toco.

5. Pau Gasol

pau gasol.jpg

Nascimento: 06 de julho de 1980
País:
Espanha
Altura:
2.13 m (7’0)
Posição: Ala-pivô/Pivô
Times:
Memphis Grizzlies (2001-2008), Los Angeles Lakers (2008-2014), Chicago Bulls (2014-2016), San Antonio Spurs (2016-presente)
Títulos: 
2x campeão da NBA (2009 e 2010), 2x Prata Olimpíadas (2008 e 2012), Bronze Olimpíadas (2016)
Prêmios individuais:
6x All Star, 2x All NBA 2nd team, 2x All NBA 3rd team.
Recordes: 20.000+ pontos, 10.000+ rebotes, 3.500+ assistências
Estatísticas na carreira: 17.9 pontos, 9.4 rebotes, 3.2 assistências, 1.8 tocos.

Um dos 4 únicos 7-footer da história a conseguir a marca de 20.000+ pontos, 10.000+ rebotes, 3.500+ assistências e 1.500+ tocos. Pau é muito versátil, capaz de se adaptar a diversos estilos de jogo. Foi um dos responsáveis por mudar o modo como olhamos para os bigmen.

4. Manu Ginobili

manu g.jpg

Nascimento: 28 de julho de 1977
País:
Argentina
Altura:
1.98 m (6’6)
Posição: Ala-armador
Times: 
San Antonio Spurs (2002-presente)
Títulos: 
4x campeão da NBA (2003, 2005, 2007, 2014), Ouro Olimpíadas (2004), Bronze Olimpíadas (2008), Prata Copa do Mundo (2002)
Prêmios individuais:
2x All Star, 1x All NBA 2nd team, 2x All NBA 3rd team, 1x melhor sexto homem
Estatísticas na carreira: 13.6 pontos, 3.9 rebotes, 3.6 assistências, 1.4 roubos

Indiscutivelmente o melhor sul-americano da história da liga. Manu teve a carreira caracterizada por ser o melhor reserva da história (obrigado Pop), mas este fato não diminuiu a sua grandeza, era (é) muito decisivo e se quisesse seria o FP (franchise player) de vários times da liga. Dos jogadores que conquistaram 13.000+ pontos, 3.000+ rebotes, 3.000+ assistências e 1.000+ roubos na carreira, Ginobili é o que tem a menor média de minutos.  E apesar de argentino, nós o amamos.

3. Tony Parker

tony_parker.jpg

Nascimento: 17 de maio de 1982
País:
Bélgica (naturalizado Francês)
Altura:
1.88 m (6’2)
Posição: Armador
Times: 
San Antonio Spurs (2001-presente)
Títulos: 
4x campeão da NBA (2003, 2005, 2007, 2014)
Prêmios individuais:
1x MVP finais, 6x All Star, 3x All NBA 2nd team, 1x All NBA 3rd team.
Recordes: Líder em assistências da história do Spurs.
Estatísticas na carreira:
 16.2 pontos, 2.8 rebotes, 5.8 assistências.

Parker é um dos 3 únicos jogadores da história a conseguir mais de 20.000 pontos e 7.500 assistências na carreira (talvez se jogasse em outro time esses números pudessem ser ainda maiores) e foi o primeiro Spurs a receber o prêmio de jogador do mês (2011), desde Duncan (2002). Atualmente, apesar de velho e em plena decadência, ainda é uma peça importante pro time do Popovich.

2. Steve Nash

hero_steve-nash-profile.jpg

Nascimento: 07 de fevereiro de 1974
País:
Africa do Sul (naturalizado canadense)
Altura:
1.91 m (6’3)
Posição: Armador
Times: 
Phoenix Suns (1996-1998, 2004-2012), Dallas Mavericks (1998-2004), Los Angeles Lakers (2012-2015)
Títulos:

Prêmios individuais:
2x MVP, 8x All Star, 3x All NBA 1st team, 2x All NBA 2nd team, 2x All NBA 3rd team, nº 13 aposentado pelo Suns.
Recordes: 5x líder em assistências da temporada, 4x clube do 50-40-90 , 3º geral em assistências da história
Estatísticas na carreira:
 14.3 pontos, 3.0 rebotes, 8.5 assistências.

O único PG, além de Magic e Curry, a ganhar mais de um MVP. Sempre chutando próximo dos 50-40-90, ajudou a revolucionar a liga. Liderou 6 dos 20 melhores ataques dos últimos anos, fazendo a fama de muitos jogadores. Deixou um imenso legado para trás, sendo um dos responsáveis por fazer muita gente gostar de basquete. Infelizmente não conseguiu conquistar um anel, sendo um dos maiores injustiçados da história.

1. Dirk Nowitzki

dirk-nowitzki-finally-shaved-his-out-of-control-beard.jpg

Nascimento: 19 de junho de 1978
País:
Alemanha
Altura:
2.13 m (7’0)
Posição: Ala-pivô
Times: 
Dallas Mavericks (1998-presente)
Títulos: 
1x campeão da NBA (2011), Bronze Copa do Mundo (2002)
Prêmios individuais:
1x MVP, 1x MVP finais, MVP Copa do Mundo (2002), 13x All Star, 4x All NBA 1st team, 5x All NBA 2nd team, 3x All NBA 3rd team
Recordes: 1º europeu a ganhar o prêmio de MVP, 6º maior cestinha de todos os tempos, 11x top 10 PER, 1x clube do 50-40-90 
Estatísticas na carreira: 22.5 pontos, 8.1 rebotes, 2.6 assistências

Não há quem não goste do Dirk. O alemão é extremamente versátil e um shooter dos mais letais, sendo um perigo de qualquer canto da quadra. Apesar de não possuir um grande atleticismo, sabe compensar com uma imensa habilidade. É um líder nato e foi capaz de levar o Mavs a seu único título em 2011, derrotando o super time do Heat.


3 Shares
Share3
Tweet